Caderno B: confira dicas de exposição

Emergência dos corpos - Montada por Bruna Soares e Renata Maneschy com a participação de artistas mulheres, abre na sexta, às 19h, no Centro Cultural Justiça Federal (Av. Rio Branco, 241 - Centro; Tel.: 3261-2565). O fio condutor é o corpo feminino. Marcada pela pluralidade de gestos e linguagens, as obras trazem à tona diversas maneiras de se pensar o corpo e suas interlocuções com o espaço. As artistas são Andréa Hygino, Denise Calasans, Fernanda Lago, Gabriela Noujaim, Kika Diniz, Luiza Coimbra, Manu Alves, Mariana Rocha, Patrícia Tavares, Priscilla Menezes, Reitchel Komch, Stella Mariz e Stella Margarita. Entrada franca.

Marcos Abreu - Mestre em Linguagens Visuais pela Escola de Belas Artes, da UFRJ, Marcos Abreu, 46, faz exposição individual até 8 de setembro na galeria Mul.ti.plo Espaço Arte (Rua Dias Ferreira, 417/sala 206, Leblon. Tel.:2259-1952). São 25 obras, quase todas gravuras únicas em metal, água-forte e água tinta, expostas das 10h às 18h30 de segunda a sexta e das 10h às 14h de sábado. “Uso uma técnica tradicional, mas deixo que este trabalho dialogue com as questões mais contemporâneas. O que me interessa na gravura, não é a técnica e sim a possibilidade de ter um trabalho seria”, afirma o artista, que busca a  plasticidade gráfica de cores.

Aristides Corrêa Dutra - A exposição fotográfica “Três Vezes Rio”, do artista capixaba, está no Palácio Tiradentes, sede da Assembleia Legislativa do Estado do Rio (Alerj - R. Primeiro de Março, s/nº; Tel.: 2588), até 21 de agosto. A mostra do fotógrafo e artista plástico rememora sua experiência em diferentes lugares da cidade, revelando ângulos inesperados da beleza arquitetônica carioca. As três séries são compostas por 45 fotos e exploram desde a riqueza colonial até o contemporâneo, passando pelo neomedievalismo e pelo nacionalismo caboclo. De segunda a sábado, das 10h às 17h, e de 12h às 17h nos feriados. Entrada franca.