Redgrave receberá Leão de Ouro pela carreira em Veneza

A atriz britânica Vanessa Redgrave receberá o Leão de Ouro pela sua carreira na 75ª edição do Festival Internacional de Cinema de Veneza, na Itália. A decisão foi anunciada nesta terça-feira (24) pelo Conselho de Administração da Bienal de Veneza, presidido por Paolo Baratta, que também premiará o diretor canadense David Cronenberg.

Indicada seis vezes ao Oscar e coroada com a estatueta em 1978, pelo filme "Julia", Redgrave é considerada uma das maiores atrizes da história do cinema.

A estatueta pela carreira, pelo conjunto da obra, será entregue durante o Festival de Veneza, que ocorre entre os dias 29 de agosto a 8 de setembro. "Estou estonteada e extraordinariamente feliz de saber que serei premiada com o Leão de Ouro na Mostra de Veneza", comentou a atriz. "No verão passado, eu estava rodando na própria Veneza 'Os Papéis de Aspern'", contou. A novela de Henry James foi publicada originalmente em 1888 e ganhará uma versão no cinema ainda em 2018.

A indicação ao prêmio foi feita pelo crítico italiano e diretor da Mostra de Veneza, Alberto Barbera, que afirmou que Redgrave é uma das melhores intérpretes femininas do cinema moderno. "As suas aparições, distribuídas em 60 anos de atividades, revelam uma generosidade sem limites", adicionou.

A atriz contou também que há muitos anos, quando gravou La Vacanza (1971), o seu persongaem falava somente em dialeto veneziano. "Aposto que sou a única atriz não-italiana que já interpretou um papel inteiro em dialeto veneziano!", brincou.