Deputados aprovam em primeira leitura a legalização do aborto na Argentina

A Câmara dos Deputados da Argentina aprovou nesta quinta-feira em primeira leitura a legalização do aborto até a 14ª semana de gestação, um projeto que passará agora ao Senado.

A votação foi de 129 deputados a favor, 125 contrários e uma abstenção, anunciou o presidente da Câmara, Emilio Monzó.

nn/tm/fp