Ministra chilena propõe que Uber e táxis operem sob mesmas condições

A Uber e os táxis deveriam operar sob as mesmas condições no Chile, com licenças profissionais e o uso de aplicativos, defendeu nesta segunda-feira a ministra dos Transportes, Gloria Hutt.

Como parte do debate sobre a regularização das operações do Uber no Chile, a ministra Hutt declarou que "claramente os serviços que se entregam por plataformas não têm as mesmas condições e requerimentos impostos a serviços registrados" como os táxis.

Os taxistas exigem a eliminação de aplicativos como Uber e Cabify, serviços de transporte de passageiros que acusam de operar de maneira ilegal no país.

"A meu juízo, devem se submeter às exigências para os motoristas profissionais", declarou Hutt aos jornalistas, defendendo a exigência de taxímetros e revisões técnicas nos veículos do Uber e de plataformas similares.

msa/lr