Editora lança Direito Penal Restaurativo na Livraria da Travessa

Em busca de um modelo adequado de justiça criminal

A Editora Revan lançará “Direito Penal Restaurativo”, na terça-feira (8), na Livraria da Travessa (Rua Sete de Setembro, 54, Centro), às 17h. A obra de Helena Morgado, que realizará sessão de autógrafos no evento, consiste no descontentamento com a for­ma pela qual os conflitos são geridos pelo sistema de justiça criminal tra­dicional. O objetivo preliminar, portanto, envolve rechaçar as principais falácias presentes nos discursos que pretendem legitimar o modelo vi­gente.

Almeja-se que o leitor perceba que tal modelo nada mais é do que o retrato de uma escolha realizada em determinado momento histórico e, por conseguinte, constate que não há qualquer empecilho à busca por um novo caminho de administração de situações problemáticas.

“Tenho como objetivo, em um segundo momento, estabelecer os pilares de uma forma drasticamente distinta de resolução de conflitos penais, qual seja, a justiça restaurativa. Trata-se de uma alternativa ao paradigma punitivo em vigor, cujo escopo principal consiste em permitir que os próprios en­volvidos dialoguem para chegar à melhor solução naquele caso concreto específico, afastando-se o monopólio estatal, a aflitividade e as fórmulas inflexíveis e pré-concebidas existentes no sistema criminal tradicional”, explica Helena.

A autora ambiciona a democratização no gerenciamento dos conflitos, a redução da violência e a instituição de um modelo adequado de justiça criminal. Por fim, a discussão será direcionada ao cenário bra­sileiro. Serão abordadas as iniciativas normativas e os projetos-piloto já implementados no país para, ao final, analisar se as mencionadas ações cumprem ou não os propósitos restaurativos que pretendem instituir.

Ficha Técnica

Editora: Revan

Autora: Helena Zani Morgado

Preço: R$ 50,00

ISBN: 9788571066106

Idioma: Português

Edição: 1ª edição 2018

Encadernação: Brochura

Número de Páginas: 240