Itália constrói seu 1º 'hotel de abelhas solitárias'

Local quer preservar espécie de extinção

A cidade de Mantova, na Lombardia, inaugurou seu primeiro "hotel de abelhas", uma residência para conservar abelhas e vespas solitárias.

    Com apoio da Câmara Municipal, a estrutura de madeira foi construída com mais de 2 metros de largura e 2,50 de altura, e tem o objetivo de hospedar abelhas solitárias e inofensivas, diferentes das que produzem mel.

    Além disso, o hotel irá auxiliar a preservação das espécies em extinção, já que a população de abelhas está diminuindo em todo o mundo devido ao uso excessivo de pesticidas e das alterações climáticas. As abelhas são consideradas importantes para o sucesso reprodutivo das plantas, através da polinização. Este é o primeiro hotel construído na Itália. No local, as abelhas encontrarão um abrigo, repleto de madeira oca, bambu e argila.