Torquato Neto é homenageado em sarau

No próximo encontro do 'Leituras de poeta', no dia 19 de janeiro, serão lidos, em especial, os poemas e as letras do tropicalista Toquato Neto.

Nos encontros anteriores, foram feitas leituras, em sequência, da poesia de Ana Cristina Cesar, Paulo Leminski e Wally Salomão. Torquato, ícone integrante da “geração 70”, seria incontornável.

Como um dos propósitos do 'Leituras de poeta' é o de mapear conexões entre obras literárias as mais diversas, além de poemas de antologias com a poesia do letrista, como Destino poesia, organizada pelo crítico e poeta Italo Moriconi, serão lidos outros autores referenciados pela poética de Torquato, entre os quais, Carlos Drummond de Andrade. 

'Leituras de poeta', poesia em diálogo

Realizar e estimular a leitura dos mais marcantes poetas do momento, trazer à baila a poesia contemporânea e, com isso, difundir a criação literária de autores nacionais vivos. É o que tem feito a Gramma Livraria e Editora com o seu sarau 'Leituras de poeta'. A ação conta com a assessoria literária do poeta (e palhaço) W. B. Lemos (Esperando Leitor). 

Esses encontros de fala e escuta de poesia têm investido no prazer de ler, dizer e ouvir, em grupo, a palavra em verso. Cada sarau dedica-se à leitura de obras relevantes de destacados poetas brasileiros em atividade. Já foram lidos poetas do naipe de Eucanaã Ferraz, Ana Martins Marques, Armando Freitas Filho e Leonardo Fróes. Futuras edições pretendem convidar poetas em atividade para uma conversa com os participantes. Chacal, Antonio Cicero, Claudia Roquette-Pinto, Alberto Pucheu, Carlito Azevedo, Adriano Espínola, Paulo Henriques Britto, entre outros, serão alguns dos poetas a serem lidos nos próximos meses. As sessões têm ocorrido quinzenalmente, as quintas-feiras, de 19 às 21h,

A cada novo evento, a escolha de obras prioriza a leitura de um poeta da atualidade, mas em diálogo com a poesia de autores de sua geração e de outros períodos. A proposta é a de evidenciar as leituras que tenham sido mais marcantes para a formação do poeta em pauta, e de seus pares. Assim, acontece, paralelamente, a leitura de trechos de obras já consagradas de outras épocas e nacionalidades, tais como as de: Rumi, Safo, Omar Khayyám, Dante, Shakespeare, Gregório de Matos, Baudelaire, Rimbaud, Whitman, Mallarmé, Apollinaire, Maiakóvski, Pessoa, entre outros.

Todos os participantes são convidados a ler os poemas de sua preferência, de autoria dos poetas previamente anunciados, ou, caso também escrevam poesia, o que tenham escrito em diálogo com as obras ou temas dos poetas a serem lidos no sarau.

Gramma Livraria e Editora Ltda: Rua da Assembleia, 10 - ss Térreo - Centro - Rio de Janeiro

Telefone: (21) 3852-4640

Utilizamos cookies essenciais e tecnologias semelhantes de acordo com a nossa Política de Privacidade.
Ao continuar navegando, você concorda com estas condições.
Saiba mais