Ateliê Oriente oferece workshops com Fábio Seixo, Custodio Coimbra, Marcos Bonisson e Joaquim Paiva

Produção de vídeo e fotografia em foco

O Ateliê Oriente vai realizar três workshops para abrir 2017 com o clique direito. Profissionais, estudantes e até mesmo leigos são bem-vindos nas salas de aula aconchegantes do espaço, já conhecido ponto de difusão da fotografia na cidade. 

Nos dias 17 e 19, Fabio Seixo vai ensinar a criar vídeos com uma linguagem própria no curso “Produção de vídeos para a web”; nos dias 21 e 22, será a vez de Custodio Coimbra compartilhar a sua experiência no fotojornalismo com a turma do curso “Levantando a Máquina – Fotografia e Ousadia”; E nos dias 27, 28 e 29, a dupla Marcos Bonisson e Joaquim Paiva vai orientar os participantes com seus projetos artísticos de toda a ordem no curso “Processos criativos em imagens”. 

“A ideia é estar sempre criando possibilidades para os alunos ampliarem os seus conhecimentos técnicos e, ao mesmo tempo, refletirem sobre a fotografia, dando consistência para o desenvolvimento de trabalhos pessoais”, diz Kitty Paranaguá, sócia de Paulo Marcos M. Lima, Ana Dalloz, Marco Antonio Portela e Thiago Barros no Ateliê. 

O Ateliê Oriente fica na Rua do Russel, 300 / 401, na Glória. Os workshops do mês custam de R$ 240 a R$ 440 e as inscrições podem ser feitas por telefone (21) 3495.3800 ou pelo site www.atelieoriente.com 

PROGRAMAÇÃO DE JANEIRO: 

1. Produção de Vídeos para a Web, com Fabio Seixo 

Dias 17 e 19 de janeiro

Quinta e sexta, das 18h às 22h

Carga horária: 8h

Investimento: R$ 240 

Cada vez mais, o vídeo ocupa espaço na web, o fluxo de imagens em movimento vai dobrar ou mesmo triplicar em poucos anos. Como um fotógrafo pode começar a produzir vídeos e criar uma linguagem própria nessa nova realidade. Neste workshop veremos como capturar imagens e áudio de qualidade com câmeras DSLR, quais são os principais equipamentos a se investir e, principalmente, como construir uma narrativa e uma linguagem visual. Veremos também, como é possível fazer isso tudo sozinho, com pouco equipamento e muita agilidade. Pequenos vídeos como minidocs e webseries, estão ajudando as mídias editoriais e migrar do papel para a web, criando todo um mercado para fotógrafos e produtores independentes. 

2. Levantando a Máquina - Fotografia e Ousadia, com Custodio Coimbra 

Dias 21 e 22 de janeiro 

Sábado, das 9h às 18h, e domingo, das 9h às 13h

Carga horária: 11h

Investimento: R$ 440 

‘Levantando a Máquina – Fotografia e Ousadia’ é o tema do encontro de um fim de semana com Custodio Coimbra, que elege a rua como palco e objeto da exploração fotográfica. A dinâmica começa com a projeção e a leitura crítica do ensaio ‘Retalhos do Rio’, reunindo uma centena de fotos produzidas por Custodio nos últimos 30 anos, que revelam a cidade em sua diversidade. Em foco, composição, valorização dos elementos, diagonais e sujeitos. Custodio abordará a hora da espera, da aproximação, a agilidade e a atenção à sincronicidade da cidade em movimento. O workshop inclui o acompanhamento em uma saída fotográfica. As fotos dos participantes serão depois analisadas em grupo, levando em conta conteúdo, estética, estilo e técnica de cada um. 

É fundamental possuir conhecimentos básicos de fotografia e domínio dos recursos da câmera, além de uma câmera digital, com controles manuais e um pen-drive para levar as fotos que serão produzidas. 

Dinâmica

Projeção e leitura crítica do ensaio Retalhos do Rio no sábado, das 9h às 12h, uma hora para almoço e saída fotográfica, em local a ser decidido pelo grupo, das 14h às 18h. Análise das fotos produzidas pelos participantes no domingo. 

3. Processos criativos em imagens, com Marcos Bonisson e Joaquim Paiva 

Dias 27, 28 e 29 de janeiro

Sexta, das 19h às 21h30, sábado, das 10h às 16h (pausa de 1h30 para almoço) e domingo, das 15h às 17h (opcional)

Carga horária: 9h

Investimento: R$ 390 

O workshop ‘Processos criativos em imagens’ visa a contextualizar os múltiplos meios que artistas visuais utilizam na fotografia como suporte. Objetivamos, em caráter imersivo, orientar os participantes com seus projetos e dúvidas, independentemente do estágio em que o trabalho se encontre. O workshop dará ênfase à poética de um cotidiano que pode articular fiapos, fragmentos, digressões e vivências, como um exercício experimental de invenção. 

Dinâmica

Sexta-feira: Apresentação do workshop, projeção de imagens e experiências dos orientadores na sexta, leitura de Portfolios e Orientação de Trabalhos no sábado e visita (opcional) à exposição “Em Polvorosa”, no Museu de Arte Moderna do Rio de Janeiro (MAM), com Marcos Bonisson e Joaquim Paiva.