Exposição discute relação entre texto, linguagem, tradução e imagem

A exposição "Tradução e deslocamento", da artista Julieta Hanono, está aberta ao público de segunda a sexta, das 10h às 18h, no Centro Municipal de Arte Hélio Oiticica, na Rua Luís de Camões 68, no Centro, perto da Praça Tiradentes, Centro do Rio de Janeiro.

A instalação contém projeções de grande formato, além de pequenas telas com fragmentos de filmes, livros abertos em sanfonas e um trabalho inédito, feito com o poeta Rafael Zacca para a exposição.

Os trabalhos discutem a relação entre texto, linguagem, tradução e imagem. Julieta Hanono nasceu em Buenos Aires e, nos anos 1970, aos dezesseis anos de idade, foi sequestrada e presa pela ditadura Argentina. Após a experiência dolorosa, instalou-se na França nos anos 1980, onde renovou totalmente sua prática artística.