Estudantes da UERJ promovem a XVII Mostra de Artes e Carpintaria dos Alunos de Comunicação Social

Sem recursos, alunos buscam em doações, patrocínios e parcerias formas de manter viva a tradição de levar arte à universidade em evento aberto à toda a comunidade carioca.

A Mostra de Artes dos alunos de Comunicação Social, ou Macacos, está em sua 17ª edição e é um dos eventos artísticos mais tradicionais da Universidade do Estado do Rio de Janeiro. Este ano a mostra vai acontecer nos dias 29 e 30 de novembro e 1 de dezembro trazendo o tema “O que te faz livre?”. Com o corte de apoio financeiro da universidade, devido à crise, a falta de recursos tem sido o maior desafio dos estudantes. Na urgência de fazer a mostra acontecer, os alunos têm buscado doações, patrocínio e parcerias.

Durante três dias as instalações e exposições preenchem os corredores e paredes da Faculdade Comunicação Social, onde tudo é organizado pelos próprios alunos. Ainda assim, a mostra vai muito além dos muros da Uerj e artistas de dentro e fora da universidade são recebidos. Como acontece em espaço público e aberto, toda a comunidade carioca também é convidada a participar. O último dia da mostra é sempre marcado por um show de bandas que costuma movimentar a concha acústica da Uerj e, por causa da estrutura necessária, é o maior desafio nos gastos deste ano.

A Macacos 2016 traz o conceito que, ao mesmo tempo indaga e causa a reflexão, trazendo a tona a libertação das pessoas. A arte, como a comunicação, é uma forma de expressão que conecta e liberta os indivíduos. Romper com o silêncio que reprime, a censura que cala e as opressões que nos cerceiam nos liberta de forma sublime. Estar livre, no papel, na tela, na câmera, no rádio, na tv, no mundo, é o mais sério compromisso do indivíduo com a sua própria essência.

Fotografia, pintura, poesia, teatro, literatura, dança e música são contempladas na mostra que funciona como uma espécie de vitrine para os novos artistas. Além do que é exposto e apresentado ao público, a Macacos ainda oferece oficinas e núcleos de vivência onde os participantes são convidados a imergir em um novo universo que dialoga com o tema proposto ou a aprender alguma atividade, tudo gratuito.

As oficinas realizadas têm como objetivo o contato e produção de material artístico em diferentes campos das artes levando o tema da edição como foco. Expressão corporal, laboratório de desenho, dança urbanas e teatro foram as oficinas já realizadas ao longo dos anos anteriores, e a comissão organizadora pretende, dentro da temática deste ano, mesclar interesses que tenham alguma proximidade para compor novos espaços.

O núcleo de vivência é outro grande diferencial do evento, que funciona como uma visita de espaços fora da UERJ que possibilitam o participante interagir com núcleos artístico-culturais-sociais do entorno da universidade; instigando a troca de experiências e o conhecimento da história, práticas, produções artísticas e etc. Esses espaços têm por objetivo expandir os horizontes culturais dos participantes os colocando de frente a diálogos e produção artísticas em locais que os possibilitem viver outras realidades fora do ambiente acadêmico.

Para doar qualquer quantia:

bit.ly/VakinhaMacacosUERJ2016

Facebook: facebook.com/MacacosUERJ

Data: 29 e 30 de novembro e 1 de dezembro de 2016

Horário: Das 10h às 22h

Local: Faculdade de Comunicação Social da UERJ - Rua São Francisco Xavier, 524, 10º andar - Pavilhão João Lyra Filho - Maracanã