Vânia Bastos lança "Concerto para Pixinguinha"

Vânia Bastos, uma voz fundamental da música contemporânea, iniciou sua carreira artística na década de 80, ao lado de Arrigo Barnabé, ao integrar a histórica banda Sabor de Veneno (nos inesquecíveis LPs Clara Crocodilo e Tubarões Voadores), lança o álbum “Concerto para Pixinguinha”, já considerado um dos mais bonitos tributos dos últimos tempos ao carioca mestre do choro pela crítica especializada. 

Resultado das apresentações que a cantora Vânia Bastos e o contrabaixista Marcos Paiva fazem há mais de três anos pelo Brasil, que chega do mercado fonográfico em agosto de 2016.

O álbum traz um registro sofisticado e bem completo do show feito por Vânia com o contrabaixista Marcos Paiva. O disco Concerto para Pixinguinha inaugura o selo Conexão Brasil, aberto pelo produtor paulista Fran Carlo, diretor artístico do disco e idealizador do show em que Vânia e Paiva abordam o cancioneiro do compositor carioca Alfredo da Rocha Vianna Filho (1897 - 1993), o Pixinguinha. 

Entre sucessos como a valsa Rosa (1917) e Lamento (Pixinguinha e Vinicius de Moraes, 1966), a dupla pesca pérolas como o Samba de fato (Pixinguinha e Cícero de Almeida, 1932) e Isso é que viver (Pixinguinha e Hermínio Bello de Carvalho, 1967). Marcos Paiva assina a produção musical do Concerto para Pixinguinha, disco ao vivo que tem capa feita pelo designer Luciano Murina a partir de foto de Vinícius Campos.