Espaço GaleRio em Botafogo celebra a arte urbana carioca

Instalado em um imponente casarão do século XIX em Botafogo, o Espaço GaleRio, primeira plataforma oficial de cultura urbana da cidade, abre as portas para os artistas apresentarem seus trabalhos. Sua primeira mostra coletiva reúne grafites de Acme, Airá OCrespo, Carlos Bobi, Meton, Denne, Marcelo Lamarca e Rafo Castro, entre outros nomes em uma lista de dezessete artistas.

Pouco vista entre muros, a arte urbana ganha um espaço especial com a abertura da galeria. “A arte urbana está em evidência no mundo inteiro. Enquanto lançador de tendências e uma das cidades mais antenadas do planeta, o Rio estava carente de um espaço como este. E nós, artistas, também, uma vez que poucas galerias apostam nesse segmento”, atesta o “artivista” do Pavãozinho Acme.

Além dos grafites, a mostra apresenta instalações, peças de mobiliário urbano e intervenções em placas de trânsito. O designer Davi Rezende expõe suas peças já na área externa do casarão, recepcionando os visitantes que chegam ao Espaço GaleRio. Produzidas a partir de sucata, há peças como um orelhão que virou balanço e uma kombi customizada e transformada em palco.

O casarão da Rua São Clemente que abriga o Espaço GaleRio serve também de casa para o Instituto EixoRio, órgão municipal de articulação e desenvolvimento de ações de cultura urbana. Cristine Nicolay, coordenadora executiva do EixoRio, garante que o novo espaço será um marco para a cidade. “O diferencial do GaleRio é priorizar, estimular e incentivar a arte urbana”. A arte que antes era vista apenas nas ruas, agora tem sua casa.

Serviço:

Nome do local: Espaço GaleRio - Rua São Clemente, 117 - Botafogo 

Horário: Segunda-feira, Terça-feira, Quarta-feira, Quinta-feira e Sexta-feira das 10h às 18h

Preço: Entrada gratuita