Rio: Santa Teresa se prepara para receber a 25ª edição do Arte de Portas Abertas

Durante o evento, a região se transforma em um verdadeiro polo cultural

Santa Teresa, no Centro do Rio de Janeiro, vai se transformar mais uma vez em point cultural. O lugar está se preparando para receber a 25ª edição do Arte de Portas Abertas, nos dias 25 e 26 de julho (sábado e domingo), das 10 às 18hs. O evento é organizado pela Associação dos Artistas Visuais de Santa Teresa.

Para este grande encontro de artistas, as casas são pintadas, novos espaços criados e os ativistas culturais se movimentam na preparação dos ateliês e de suas exposições para receberem o público. É quando tem a oportunidade de mostrar aos milhares de visitantes sua alma, sua tradição que acolhe a arte desde o início do século passado como uma vocação especial que se renova.

Ao propor a abertura sincronizada de ateliês e espaços culturais do bairro, o evento, que recebe uma média de público de 30.000 visitantes, tornou-se algo único no calendário cultural da cidade, com a oportunidade de conhecer os artistas e o processo de criação de suas obras em seu próprio universo de trabalho.

Neste ano os preparativos estão redobrados porque, além dos 25 ateliês que abrirão suas portas desnudando a oficina dos artistas, dos 15 espaços de cultura, dentre eles os museus federais e os centros municipais, Santa Teresa terá também, junto com os 65 artistas participantes, uma grande galeria de arte a céu aberto.

Artistas inscritos na Galeria do Poste, para fazerem instalações artísticas em postes de rua, já tradicionais em Niterói e outros locais da cidade, farão intervenções nos postes do circuito do Largo do Curvelo até o Largo das Neves, com trabalhos de arte urbana feitos exclusivamente para o evento. Numa parceria com a Chave Mestra, esta intervenção artística acontecerá no dia 25 e permanecerá no bairro após o evento e está aberta a todos artistas que queiram participar. 

E, em dias de festa, a mesa é farta. O roteiro gastronômico, que dá suporte para que os visitantes permaneçam durante todo dia na visitação dos ateliês e passeiem pelas ruas de pedra e ladeira floridas, traz 14 restaurantes com cardápio especial para a ocasião. Postes como suporte da arte pública, exposições coletivas e individuais, oficinas, performance e intervenções onde a natureza instiga o artista em locais especiais como no Museu da Chácara do Céu, no Museu Casa Benjamin Constant e no Centro de Artes Calouste Gulbenkian na Praça Onze, onde, além da ocupação de suas galerias, haverá a exposição Índice, com trabalhos de todos os artistas que participam do evento.

À disposição do público, gravuras, desenhos, pinturas, aquarelas, esculturas, fotografias, cerâmicas, infoarte, designs, objetos, maquetes, instalações e arte popular. Uma produção diversificada, com utilização de diferentes conceitos e materiais, que dão um panorama do que se tem feito na arte contemporânea brasileira – e a democratizam com preços acessíveis.

Nos últimos anos o bairro tem sofrido com a ausência do seu querido bondinho e suportado a obra que avança lentamente na esperança de vê-lo novamente circular sobre os trilhos que cortam suas ruas, mas mantém seu charme e resiste no confronto com uma realidade adversa e abre, com alegria, suas portas para quem quiser entrar, agora com calçadas já transitáveis. Mas a produção pede que as pessoas evitem ir de carro.

O Arte de Portas Abertas traz os artistas que fazem parte da própria história centenária do bairro e que dela se realimentam, ao mesmo tempo em que num mesmo movimento a mantém viva e contemporânea.

Ateliês

Abigail Nunes e Deneir – desenho/gravura e arte vira lata (Rua Paschoal Carlos Magno, 90 – Sobrado).

Ana Maria Moura – pintura/desenho (Rua Paschoal Carlos Magno, 90).

Ascensión Chanqués – pintura/escultura/foto-pintura (Rua Paschoal Carlos Magno, 90 Sobrado).

Bárbara Sotério – gravura (Rua Paula Matos, 46)

Carlos Antunes – escultura (Rua Áurea, 118)

Daniel Gnattali – desenho (Rua Tenente Mauricio de Medeiros, 8 A)

Deborah Costa – patch Art (Rua Felício dos Santos, 3)

Delfina Reis e Luiz de França – toy art e pintura (Rua Oriente, 16/ B)

Dony Gonçalves e Thelma Innecco - cerâmica (Rua Paschoal Carlos Magno, 90 - Sobrado)

Edson Silveira – objeto/gravura/pintura (Rua Paschoal Carlos Magno, 90 - Sobrado)

Eliane Santos e Sabinne Allain – gravura/escultura (Rua Oriente, 5/302)

Favoretto – pintura (Rua Murtinho Nobre, 75)

Flavio Papi – maquete (Rua Santo Alfredo, 40, Largo das Neves)

Getúlio Damado – reutilizados/Arte Popular (Rua Leopoldo Fróes, 15)

Guto Vilaverde – mosaico (Rua Monte Alegre, 355)

José Geraldo Furtado – desenho/fotos (Rua Hermenegildo de Barros, 163)

José Luiz – escultura (Travessa Fluminense, 14)

Klaus Reis e Coletivo Pouco Paco – pintura/desenho/ilustração/quadrinhos (Rua Santa Cristina, 88)

Marcius Tristão e Agostinho Moreira – Escultura (Rua Paula Matos, 46)

Marco Forgiarini – gravura (Rua Paula Matos, 46)

Pedro Grapiúna e Marcellus Machado – escultura e gravura (Rua Almirante Alexandrino, 54 – B casa 5)

Regina Marconi – pintura/desenho (Rua Paschoal Carlos Magno, 90 - Sobrado)

Sandra Fioretti e Robson Jorge – pintura (Rua Hermenegildo de Barros, 163)

Simone Câmara – pintura (Rua Hermenegildo de Barros, 163)

Ziza Dourado – vídeo/instalação (Rua Paschoal Carlos Magno, 90, sobrado)

 

Centros Culturais

Casa Amarela – Sala Multimídia

* Rua Hermenegildo de Barros, 163 – 99987-3105

JVicttor- (1957-2014) -   Pintura, fotografia e colagem - “Na arte é tudo diferente”

* Homenagem ao artista plástico, morador de Santa Teresa e carioca de coração, que colecionava imagens do seu cotidiano e sobre elas desenvolveu sua arte.

 

Casa Alto Lapa Santa

* Rua Joaquim Murtinho, 654 - 2232-8534

Heloisa Pires Ferreira – gravura e tapeçaria

Magda Besinger – cerâmica e vidro

Casa Vermelha

* Rua Aarão Reis,126 - 2558-1070 / 99649-3370

Jac Carrara - escultura

Casalegre Art Vila

* Rua Monte Alegre, 316 - 98670-6158

Arte de Portas Abertas Através do Tempo/Registros – curadoria Dinair Fernandes

Centro Cultural Municipal Laurinda Santos Lobo

* Rua Monte Alegre, 306 - 2215-0618

- Exposição coletiva – pintura/aquarela/performance – curadoria Álvaro Almgren – visitação de 25 a 30/07, das 10 às 18hs

Adias, Álvaro Almgren, Anísio O. Couto, Ilo- Ilene Lara, Manon Rada, Maria PerdigãoMaria Verônica MartinsMiriam Miranda,Palle JensenPaloma Carvalho e Sandra Nunes

 

- Performance

Martha Pires Ferreira – Palavras – sábado e domingo às 16hs

 Cine Santa Teresa

* Rua Paschoal Carlos Magno, 136 - 2222-0203

Exibição do filme Um Bonde chamado Santa Thereza das 11h às 21h

Canto da Carambola

* Rua do Oriente, 123 – Santa Teresa - 2210-0289

Marcio Goldzweig, Claudia Tolentino e Sergio Sal - gravuras

Centro de Artes Calouste Gulbenkian

* Rua Benedicto Hipólito, 125 – Praça Onze - 2221-7760

Exposição Índice

Todos os artistas participantes da 25ª Artes de Portas Abertas - Curadoria Edson Silveira – visitação de 25 a 30/07, das 10 às 18hs

Galeria Ismael Nery

Exposição Coletiva – Zona Gráfica - Curadoria Eliane Santos

Adir BotelhoAntonio GrossoBárbara SotérioCiro FernandesJoão MouraMarcio Goldzweig, Marcos VarelaMatheus Grimião,Ricardo PereiraRicardo Tavares e Rubem Grilo

Sala Calouste Gulbenkian

Individual de Adel Gonzaga

Galeria Modernistas

* Rua Paschoal Carlos Magno 39

Exposição Coletiva – objeto/fotografia/vídeo/escultura/desenho – visitação de 24 a 30/07, de 10 às 18hs

Alvaro AlgremBia SassoCelia CotrimCélia Schiavo e Mihai Cauli

E também com os artistas dos ateliês:

Ascención ChanquésDaniel GnattaliDeborah CostaDony GonçalvesEdson SilveiraJosé Geraldo FurtadoMartha PiresPedro GrapiúnaRegina MarconiThelma InneccoValter De Gaudio e Ziza Dourado

Museu Chácara do Céu

* Rua Murtinho Nobre, 93 - 3970-1198 / 3970-1089 / 3970-1126

Vanda Martins (Vanda Meister) – instalação - “Sem Niños”

Museu Casa de Benjamin Constant

* Rua Monte Alegre, 255 - 3970-1168 / 3970-1177

Cristina Felicio - oficina livre de Barro Gravura, das 15h às 17h

Um Novo Nicho Pra Santa

* Rua Eliseu Visconti, 415 - 2222-0266

Um passeio pela casa de Lygia Bojunga - dia 25 de julho, sábado - Encontro às 10h e visitação das 10h30h às 13h