"Imperadores de Bizâncio" são os novos guias do Palácio da Justiça no Rio

Na próxima terça-feira (27), o Centro Cultural do Poder Judiciário do Estado do Rio de Janeiro (CCPJ-RJ) iniciará a temporada 2015 do programa gratuito “Por Dentro do Palácio”, com a introdução de um novo casal de cicerones para acompanhar o público no antigo Palácio da Justiça. Construído em 1926, ele , durante oito décadas,  serviu à prestação jurisdicional da população.

Os novos cicerones são Justiniano e sua esposa Teodora, imperadores de Bizâncio. O primeiro guia selecionado foi o  jurista Ruy Barbosa, em 2011, seguindo-se Têmis, deusa grega das leis e dos juramentos. Diretora do CCPJ-RJ, Sílvia  Monte informou que a nova dupla foi escolhida em razão da importância que o imperador Justiniano tem para o direito ocidental. É dele a compilação das leis do direito romano no 'Corpus Juris Civilis', que influenciou o sistema jurídico de todo o mundo, inclusive do Brasil.

“Ele é homenageado em todos os tribunais de Justiça do mundo. Por isso, achamos interessante que ele viesse apresentar o Palácio (da Justiça) com Teodora, que ficou conhecida como imperatriz muito poderosa, uma espécie de Cleópatra bizantina”.

Sílvia lembrou que Teodora era uma mulher do povo, que se tornou imperatriz e teve a vida contada em múltiplas histórias. Durante a visita guiada, o casal narra a história do palácio e também curiosidades sobre o império bizantino.

“Durante a visita, lembram fatos do império deles. Na Biblioteca de Obras Raras, por exemplo, eles falam da importância da  Biblioteca de Constantinopla (destruída pelos cruzados em 1204, na Idade Média)”. 

Ao passarem pelo pátio interno,  as personagens abordam a Revolta de Nica, provocada por uma divergência em uma corrida de cavalos no ano de 532 depois de Cristo, mas que envolvia a fome, falta de moradia e altos impostos. A revolta durou uma semana e acabou sendo vencida pelo general Belisário, que cercou o Hipódromo de Constantinopla e conteve os revoltosos.

O casal Justiniano e Teodora, representado pelos atores Andrêas Gatto e Amanda Grimaldi Lerias, revezará as apresentações com Ruy Barbosa (Eduardo Diaz) e a deusa Têmis (Dulce Penna de Miranda). As senhas são distribuídas 15 minutos antes do início da visita, no térreo do antigo Palácio da Justiça, localizado na Rua Dom Manuel, 29, centro do Rio de Janeiro.

As visitas ocorrem às terças-feiras e quintas-feiras e nos últimos sábados de cada mês. Também há visitas destinadas a  escolas e grupos, que podem ser agendadas na secretaria do CCPJ-RJ, pelos telefones 21-31333366 e 21-31333368. A expectativa da diretora Sílvia Monte é de casa cheia durante todo o ano.  A visita dura 50 minutos e tem lotação em torno de 40 a 45 pessoas por sessão.