Ator de 'Transformers' diz que foi estuprado por mulher

Shia LaBeouf, conhecido por suas polêmicas, concedeu entrevista sem dizer nada

Shia LaBeouf é conhecido por seu comportamento polêmico. A mais recente é uma entrevista dada à revista Dazed, na qual decidiu não usar palavras para se comunicar. As informações são do site da CNN.

O resultado é um longo vídeo de mais de uma hora de LaBeouf e a jornalista que o entrevistou, Aimee Cliff, com uma câmera GoPro acoplada à testa, apenas se olhando. Sem falar nada.

No ponto alto da ‘conversa’, ele conta que foi abusado sexualmente durante uma exibição de arte que encabeçou no último ano, batizada de #IAmSorry, na qual convidava as pessoas a virem e o assistirem em uma pequena sala.

Ao adentrar, eles poderiam se sentar em torno de uma mesa com o ator, que usava um saco de papel na cabeça com a frase: “eu não sou mais famoso” – que ele também usou no Festival de Berlim.

Segundo LaBeouf, uma mulher entrou na sala, enquanto o namorado a aguardava do lado de fora, e então ela o atacou. “Ela chicoteou minhas pernas por dez minutos e então tirou minha roupa e começou a me estuprar. Em seguida, saiu com seu batom borrado rumo ao seu namorado.”

Ele conta que sua namorada também estava na exposição justo neste dia. “Eu fiquei realmente machucado e acho que a notícia se espalhou pela fila, que tinha cerca de 25 pessoas. Quando ela me pediu uma explicação eu não poderia falar disso, então tivemos um trauma inexplicável e silencioso.”

De acordo com a repórter, a ideia deste formato de entrevista foi do próprio ator. Ele escreveu para ela no último mês de setembro, e eles iniciaram uma longa conversa por e-mail.

A proposta era a seguinte: as respostas em palavras seriam mantidas por e-mail, mas a entrevista presencial seria baseada apenas no contato visual. “Estou presente na revista só em palavras obtidas digitalmente”, disse.

Ano complicado O ator de filmes como Transformers e Ninfomaníaca não teve um ano fácil, de um modo geral, incluindo uma série de problemas com a lei. Em junho, ele foi retirado de um teatro em Nova York por causar desordem e interromper um espetáculo.

Já mais recentemente, no mês de outubro, ele fez cortes no próprio rosto e pediu que arrancassem um de seus dentes para conseguir um aspecto ‘detonado’ para um papel. Ele interpretou um soldado, ao lado de Brad Pitt, no filme Corações de Ferro.

Foram muitos também os problemas relacionados ao consumo de álcool e drogas. Uma fonte próxima disse que ele estaria viciado em ecstasy.

Mas com projetos como o #IAmSorry, LaBeouf contou que está procurando um propósito. “Estou me encontrando a partir deste projetos”, disse, à revista. 

No festival de cinema de Berlim, ele usou o saco com os dizeres "eu não sou mais famoso"

No último mês de junho, o ator for preso por tumultuar um espetáculo de teatro em Nova York