Conflitos alteram locais de exibições de filmes do Festival do Rio

A diretoria do Festival do Rio decidiu transferir parte da programação do Cine Odeon Petrobras, na Cinelândia, Centro da cidade, para outras salas do circuito do festival. De acordo com a diretoria, a medida foi tomada por causa dos conflitos entre manifestantes e policiais militares no local e, principalmente, com o objetivo de manter o compromisso com o público, convidados e parceiros do festival.

A nota da direção informa que o Cine Odeon Petrobras é o último remanescente da grande história cinematográfica do Rio que, por isso, se chama Cinelândia. “O Festival do Rio reconhece a importância desta sala neste espaço da cidade, por isso a adotou como cinema sede do festival e a Cinelândia como palco de lançamento do cinema nacional fazendo ali a Première Brasil", disse a diretoria.