Recuperado, Ney Latorraca agradece carinho e diz que retornará à TV

O susto já passou e Ney Latorraca está pronto para voltar ao batente. Aos 68 anos, o ator se mostra recuperado dos quase dois meses de internação, no final do ano passado, e começa a se preparar para voltar à TV e ao teatro na segunda metade de 2013. 

"Já tenho um trabalho pela TV Globo, onde eu tenho contrato, e uma peça dirigida pelo Gerald Thomas. Tudo agora, para o segundo semestre", afirmou. Latorraca ficou internado na Casa de Saúde São José, na zona sul do Rio de Janeiro, entre os meses de outubro e dezembro do ano passado.

"Eu venho de uma barra pesada. Começou em outubro, e algo que era para ser bem simples, fazer uma operação na vesícula, acabou dando uma complicada. Mas agora está tudo bem", ressaltou o ator. 

Ele ficou semanas internado na UTI (Unidade de Terapia Intensiva) do hospital com quadro de peritonite inflamatória sistêmica, mas explica que até já retomou a rotina de exercícios físicos.

"Já voltei a andar na Lagoa (Rodrigo de Freitas) todos os dias", contou. "Eu fico anotando na agenda. Hoje eu andei tanto, e faço uma média: de tantos dias, andei tantos por cento", complementou.

Antes de voltar à TV e ao teatro, Latorraca agradece o carinho de amigos, imprensa e desconhecidos em um momento tão complicado de sua vida. "O mais impressionante é a reação das pessoas. Eu não esperava isso. Desde o cara da Conlurb (Companhia Municipal de Limpeza Urbana), até o motorista de ônibus, as pessoas passam e comemoram a minha melhora. Todos os colegas, a imprensa. Foi uma bela prova de amor. Isso prova que o amor também serve como remédio", celebrou.

Despedida

Ney Latorraca conversou com os jornalistas no velório da jornalista, escritora e atriz Scarlet Moon de Chevalier, morta na madrugada desta quarta-fera (5), vítima de uma doença degenerativa neurológica que a afetava há cerca de 10 anos.

Ney e Scarlet, que foi casada com o cantor Lulu Santos, se conheciam havia quase 40 anos, quando o ator chegou ao Rio de Janeiro, em 1974, vindo do Estado de São Paulo - ele nasceu na cidade de Santos, no litoral paulista.

"Vai me fazer muita falta. O Rio de Janeiro e o Brasil como um todo ficam muito mais tristes hoje", lamentou.