Mesmo intimista, Agridoce ganha público do Lollapalooza

São Paulo - Longe das guitarras, Pitty e Martin Mendonça trouxeram o projeto Agridoce ao palco Cidade Jardim, do Lollapalooza 2013, nesta sexta-feira (29), em São Paulo. O duo, que ao vivo ganha mais dois integrantes de apoio, fez um show intimista seguindo a linha de seu único álbum, mas conseguiu ganhar atenção dos presentes no festival com um show empolgante.

Seguindo exatamente pelas canções que compõe o álbum de estreia da dupla, o Agridoce começou com canções como Upside Down, 20 Passos, 130 Anos, Rainy, Embrace the Devil e Say.

"Este é um dos últimos shows desta turnê", disse Pitty, que já avisou que neste ano começa a se dedicar ao próximo álbum com Duda, Joe e o próprio Martin, o que deve engavetar o projeto por uns tempos. A dupla ainda tocou Lágrimas Pretas, uma versão para a canção de Lirinha.

Na reta final da apresentação, o Agridoce tocou Beethoven Blues, uma canção dedicada a um cachorro que "participou" das gravações da dupla durante confinamento em uma casa escolhida para o desenvolvimento do projeto. "Essa música começou como brincadeira e hoje é séria".

Para finalizar, tocaram O Porto, canção cujo tema já predomina um ritmo de marcha e "clima de despedida". Uma jam session com improvisos e muitos efeitos sonoros marcaram o encerramento do show do duo, que fez questão de agradecer Perry Farrell, idealizador do festival, pela chance de tocar.