Namorada de ator, P. Bernardi descarta casamento: "hora não chegou"  

Intérprete da vilã Rosângela, da novela globalSalve Jorge, Paloma Bernardi deu entrevista ao site do programa Vídeo Show, da mesma emissora, em que falou sobre vida e carreira. Namorada do ator Thiago Martins há um ano, a atriz comentou que o casamento é algo que surge naturalmente, com o amadurecimento da relação. “Sempre achei que casaria aos 23, depois passei para os 25 e cheguei aos 27 concluindo que a hora ainda não chegou”, diz a atriz se referindo ao momento em que vive.

Filha de um empresário gaúcho e de uma dançarina pernambucana, Paloma nasceu e cresceu em São Paulo. Descoberta por uma caça talentos aos 4 anos, ela iniciou a carreira artística em campanhas publicitárias até que, aos 11 anos, participou de sua primeira novela, Colégio Brasil, do SBT.

Com as mudanças no corpo durante a adolescência, no entanto, a paulistana acabou ficando 10 anos afastada da TV. “Lembro que eu usava aparelho e não passava em alguns testes. Entre mim, de aparelho nos dentes, e outra menina, eles optavam por outra menina”, conta a atriz, que afirmou não ter traumas.

Depois de cursar a faculdade de Rádio e TV, Paloma fez seu primeiro papel de destaque na teledramaturgia, como a Mia, de Viver a Vida, da TV Globo. “Ela foi uma personagem muito marcante para mim. Até hoje as pessoas se lembram do jeitinho dela e me abordam para falar sobre a novela e a personagem”, comentou a atriz, que, no entanto, considera sua personagem em Salve Jorge como um passo importante em seu ofício.

“A Rosângela foi coisa de Deus. Eu participei de um programa do Jô Soares para falar sobre uma peça e o Marcos Schetchmann (diretor de Salve Jorge) me assistiu. Ele gostou do meu desempenho durante a entrevista e me ligou convidando para fazer o papel. Eu nunca tinha feito algo com essa carga dramática e que exigisse tanto de mim. Tem sido maravilhoso poder mostrar este meu lado, brincar com a vilania e seduzir com a personagem”, analisou ela.

Apesar de se identificar com algumas características de Rosângela, Paloma garantiu que as duas são bem diferentes. “Não sou do tipo que provoca o homem. Sou uma mulher decidida, porém brincalhona. Tenho um jeito moleca, mas sou firme na minha postura. Eu me considero uma mulher independente e com foco”, descreveu-se.

Quando o assunto é sexo, Paloma afirmou que encara o tema sem tabus: “eu não vejo problemas quando uma mulher opta por casar virgem. Acho importante as pessoas valorizarem o sexo e não tratar como total banalidade. O sexo é onde duas pessoas se tornam uma e deve ser praticado com segurança e maturidade. Para mim só vale se for com amor”.

Apesar da vontade de ser mãe, a atriz pretende esperar. “Tudo tem seu momento e sei que minha hora vai chegar. Quero muito que isso aconteça, mas não agora", contou ela, que, na sequência, criticou as mulheres de hoje em dia, por estarem muito “abusadas”.

“Não que eu seja ciumenta demais. Mas a mulherada está cada vez mais abusada. Não gosto nem um pouco daquelas que sabem que ele (Thiago Martins) namora e se jogam em cima. Assim como ele não gosta quando acontece do lado de cá”, destacou a atriz.