Recife: finalista do 'X Factor' reencontra mãe biológica após 26 anos

Uma história que tinha tudo para se juntar a tantas outras semelhantes ocorridas no Brasil acabou tendo um final feliz e emocionante nesta sexta-feira (15). Finalista da segunda temporada do reality show X Factor dos EUA, o pernambucano David Correy finalmente teve a oportunidade de conhecer a mãe biológica, 26 anos após ter sido separado dela quando ainda era um bebê.

"Este foi o dia mais emocionante da minha vida. Conheci minha mãe, minha irmã mais nova, meus sobrinhos, tias e primos e todos me surpreenderam", escreveu em sua página no Facebook Correy, adotado por uma família norte-americana aos 10 meses de idade. "É sempre um sonho e uma impossibilidade até realmente acontecer. E agora está acontecendo. Brasil."

Segundo Correy, Luciene lhe deu à luz quando tinha apenas 14 anos e, de família humilde, não tinha condições para criá-lo. Assim, optou por entregá-lo à adoção e acabou se mudando para os EUA, de onde nunca mais retornou.

"É muito louco como eu costumava andar pelos corredores da escola, passando por aqueles enormes mapas, e pensava, 'um dia voltarei para minha terra natal para cantar e conhecer minha mãe biológica'. Isso costumava ser um sonho. Mas agora estou fazendo justamente isso. Meu coração está repleto de emoções. Seja lá o que acontecer depois disso, sinto ter feito o que Deus queria quando me colocou neste mundo - que é mostrar às pessoas que qualquer coisa é possível", escreveu pouco antes de embarcar para o Brasil.

Depois de conhecer a mãe, Correy, 27 anos, realiza seu segundo sonho nesta sexta-feira (15): fará o primeiro show da vida na cidade de Recife, onde nasceu, no Refinaria Pub.