Peça 'Depois da úItima escada' aborda a comédia que é estar vivo  

Espetáculo está em cartaz no Teatro Cândido Mendes, até 7 de abril

Já pensou em rir de pessoas angustiadas tentando entender suas vidas e sair de um local por meio de uma escada? A ideia pode parecer estranha, mas a proposta da Quesquecé Companhia de Teatro resolveu mostrar o contrário. E até o dia 7 de abril, o público pode acompanhar o espetáculo Depois da úItima escada, com sessões às sextas e sábados, às 21h30 e domingos, às 20h30, no Teatro Candido Mendes, em Ipanema.

Com criação exagerada e divertida, os personagens sofrem e mostram o lado desesperador de existir, sobreviver e ter medo. Três mulheres em cena levam toda a ação de Depois da ÚItima Escada: uma que quer muito se casar, está com tudo pronto para o casório, porém ainda não tem noivo; a segunda, vive enterrada em um vaso, e recebe flores e cartões de um remetente que nunca chega para livrá-la dessa situação. A terceira perdeu seu documento de identidade tentando ser alguém na vida, e vaga a procurar sua individualidade, carregando tudo o que possui, suas malas.

Um zelador, que ao mesmo tempo é um algoz das personagens, as ajuda e ao mesmo tempo brinca com seus conflitos e aflições, prendendo-as nas histórias que elas mesmas criaram. Algo como um círculo vicioso, que os atores conduzem na base da comédia.

As quatro figuras estão presentes em um local de onde apenas uma escada pode tirá-los. Os degraus de instrumento simbolizam a saída deste tempo, a mudança de fase ao achar o que procuram. Mas nenhum deles tem coragem de subir. Todo esse processo de terror psicológico misturado com experiências pessoais e toques de humor dão vida à história de Depois da ÚItima Escada.

“A peça fala um pouco sobre os padrões de comportamento, as expectativas que as pessoas têm em cima do futuro, as coisas que desejam, mas elas não têm forças para conseguir. E abordamos isso tudo de forma leve, levando em consideração o lado cômico dessas questões”, explica Camila Costa, que interpreta a noiva no espetáculo.

Juliana Soure, Mariana Rego, Renato Valença e Camila Costa compõe o elenco. A cenografia e figurino são de Claudia Caliel, a trilha sonora original de Alberto Kury, iluminação e direção de Gustavo Rocha e produção de Gregório Tavares e Mariana Borgerth.

Serviço 

Espetáculo Depois da última escada da Quesquecé Cia de Teatro

Local: Teatro Candido Mendes - Rua Joana Angélica, 63, Ipanema - Rio de Janeiro

Data e horário: Até 7 de abril / Sextas e sábados, às 21h30 e domingos, às 20h30

Lotação: 133 lugares

Duração: 80 minutos

Ingresso: R$ 40

Informações no telefone: (21) 2267-7295

Classificação: Não recomendado para menores de 12 anos 

*Do Projeto de Estágio do Jornal do Brasil