'Mulheres de Nelson' é cartaz no Centro do Rio

Peça dirigida por Jesus Chediak fala das personagens do célebre escritor 

Nelson Rodrigues fez 100 anos em 2012, mas sempre é tempo de relembrar este escritor, memorável e importante para a literatura brasileira. O espetáculo Mulheres de Nelson, no Teatro SESI Centro até 2 de fevereiro, homenageia o autor recifense e suas criações.

Em cartaz às sextas e sábados, às 19h30, a peça traz uma compilação de cenas de personagens femininas de sete peças rodriguianas. O jornalista Jesus Chediak é o diretor, enquanto Edu Toledo fica com a direção musical e trilha sonora. A cenografia é de José Dias e a iluminação, de Ana Luzia de Simoni e Walace Furtado. Flávia Tápias assina a preparação corporal e Rose Gonçalves, a vocal.

Jesus não escolheu dirigir a montagem sobre as histórias de Nelson à toa. Os dois eram amigos pessoais, que conversavam sobre teatro, futebol, eram tricolores e também tinham suas manias. “Durante certo tempo, tomava mingau de maisena com ele, toda tarde, defronte ao Jornal dos Sports (Centro do Rio). Ele sempre me saudava dizendo "já vem Jesus, essa figura infernal!" Depois me oferecia a mão para beijar dizendo "Jesus, Deus te abençoe". 

Chediak acrescenta que "agora tem um imenso prazer em homenagear o centenário de nascimento do amigo e dirigir um elenco excepcional de sete mulheres que se alternam representando várias personagens femininas de sua obra”, além de complementar que uma das peças em questão, Vestido de noiva, de 1943, foi revolucionária e inaugurou o moderno teatro brasileiro.

“Acho importante citar aqui o nome dessas atrizes maravilhosas, que estão no elenco de Mulheres de Nelson. São elas Ângela Valério, Heloísa Machado, Kenya Costta, Lara Toledo, Maria Júlia Garcia, Paloma Chediak e Rossana Ghessa”, elogia Jesus, que é formado em Interpretação Teatral pela Unirio e dirigiu a Escola de Teatro da Bahia, em 1969.

O Teatro SESI Centro fica na Avenida Graça Aranha, número 1, Centro do Rio. Mulheres de Nelson tem uma hora de duração, com ingressos a R$ 10. Às sextas e sábados até 2 de fevereiro, a partir das 19h30. Mais informações no telefone (21) 2563-4163.

*Do Projeto de Estágio do Jornal do Brasil