Mostras de Mário de Andrade e Burle Marx dividem Centro Cultural dos Correios

O Centro Cultural dos Correios recebe duas exposições que falam de personagens importantes da história da arte nacional. Uma sobre o Modernismo, que faz referência aos noventa anos da Semana de Arte Moderna, e outra sobre o paisagista Roberto Burle Max. 

Em comemoração ao aniversário  do Modernismo, e ao mais importante expoente do movimento, o escritor Mario Andrade, em um momento importante da vida. É registrado um período  no qual o famoso intelectual  trocava cartas com grandes personalidades da época como poetas, artistas e pintores, como Tarsila do Amaral, Cândido Portinari e Carlos Drummond de Andrade. Um dos pontos mais interessantes da exposição é o curto relacionamento de Andrade com Portinari.  

Já a mostra de Burle Max apresenta mais de 120 desenhos de 1919 até a sua morte. São mais de três mil peças do acervo pessoal,  divididas em duas partes, que relatam a vida do artista. Na primeira, os retratos nus relacionados ao cubismo refere-se  ao desprendimento do ser humano. No segundo é sobre as cenas do cotidiano. Objetos como copos e mesas demonstram o dia-a-dia de bares e restaurantes. Desse ponto de vista, o observador parece participar desse ambiente.    

Serviço:

"Mário de Andrade - Cartas do Modernismo" e  "Roberto Burle Marx - A Figura Humana na Obra em Desenho"

Até 6 de janeiro de 2013

Terça a domingo 12h às 19h

Centro Cultural Correios - Rua Visconde de Itaboraí, 20 - Centro

Tel. 2253-1580

Entrada gratuita