Rio tem várias atividades culturais no feriado prolongado

Rio de Janeiro – Nos seis dias de folga que começam hoje (15) e só terminam no Dia da Consciência Negra (20), os cariocas e os turistas que vistam a cidade têm várias opções de atividades culturais e de lazer, a maioria delas gratuita ou com pagando apenas R$ 1.

Uma dessas opções é a concorrida exposição sobre o impressionismo no Centro Cultural Banco do Brasil (https://agenciabrasil.ebc.com.br/noticia/2012-10-23/ambientacao-criada-por-arquiteta-brasileira-recepciona-visitantes-da-exposicao-sobre-impressionismo-n), no centro, aberta ao público das 10h às 19h, exceto às segundas-feiras.

Além dessa, outras exposições podem ser conferidas como a Ponto em Movimento, no Parque das Ruínas, em Santa Teresa, Steve McCurry – Alma Revelada, no Centro Municipal de Arte Hélio Oiticica, no centro, e Olha O Passarinho! Revelando Encontros, registro das intervenções artísticas dos palhaços do grupo Roda Gigante em cinco hospitais públicos do Rio de Janeiro, no Teatro Municipal do Jockey, na Gávea, todas das 8h às 18h, exceto às segundas-feiras.

Hoje (15), às 19h30, tem o show Rio Clássicos, com o violonista Wagner Meirelles no Centro Municipal de Referência da Música Carioca Artur Da Távola. O centro fica na Tijuca, na zona norte, e o ingresso custa R$1. O show faz parte do projeto Rio Música, que tem programação até sábado. O repertório de hoje inclui músicas de Agustin Barrios, Heitor Villa-Lobos, Radamés Gnattali e Luiz Gonzaga da Silva.

Amanhã (16), os moradores da Pavuna, na zona norte, vão poder assistir gratuitamente à peça teatral Vanda às 20h, na Arena Carioca Jovelina Pérola Negra. O espetáculo conta a história de Vanda que após ser despejada, volta à casa que pertenceu aos pais e relembra períodos da infância que sempre tentou esquecer.

Para quem gosta de forró, Os Três Forrozeiros e convidados tocam os maiores sucessos do rei do baião, Luiz Gonzaga, às 20h, na Lona Cultural Municipal Hebert Vianna, na Nova Maré, na zona norte.

No domingo (18), duas peças fazem parte da programação gratuita do Centro Cultural Municipal Parque das Ruínas, em Santa Teresa: às 11h, o espetáculo infantil multimídia As Coisas, baseado no livro de Arnaldo Antunes; e às 17h, Contos nas Ruínas - Os Tapetes Contadores de História, intervenção cênica em diversos espaços do parque.

Às 18h, é a vez da dança na Arena Carioca Dicró – Carlos Roberto de Oliveira, no Parque Municipal Ary Barroso, na Penha, zona norte. Inspirado na obra A Morte do Cisne, criado pelo coreógrafo russo Michael Fokine para a bailarina Ana Pavlova, o espetáculo A Dança, O Que É Isso? é coreografado e dançado por Roberto de Oliveira e Andrea Maciel.

Na segunda-feira (19), em reverência aos africanos que ajudaram a construir a nação brasileira, o projeto Herança Africana – Intervenções Urbanas no Caminho do Porto abre um circuito com fotografias, imagens cinematográficas, grafite, artes cênicas e gastronomia na Zona Portuária do Rio. As atrações vão até o dia 24, das 11h às 21h. A programação completa pode ser conferida no site: www.afrocariocadecinema.org.br.

Para encerrar o feriadão, o projeto 7 em Ponto, que tem espetáculos sempre às terças-feiras, às 19h, no Teatro Carlos Gomes, a um valor de R$ 1 por ingresso, terá como atração o grupo Abayomy Afrobeat Orquestra. Os treze músicos farão a apresentação de seu primeiro álbum, Abayomy , palavra de origem nigeriana que significa “encontro feliz”. O teatro fica na Rua Pedro I, número 4, Praça Tiradentes – no centro.