Cientologia seleciona mulheres para Tom Cruise, diz revista

A matéria de capa da revista Vanity Fair de outubro coloca mais polêmica na relação da Cientologia com Tom Cruise. De acordo com a publicação, os líderes da religião seguida pelo astro fazem uma pesquisa e seleção rigorosa para entrar possíveis namoradas para o ator.

Segundo a matéria, em 2004, Shelly Miscavige, casada com o líder máximo da Cientologia liderou uma força-tarefa para encontrar uma mulher para Tom Cruise. Todas as fiéis eram questionadas sobre o que pensavam do ator e, na época, a eleita foi Nazanin Boniadi, uma atriz iraniana que teria tido um relacionamento de dois meses com o ator.

De acordo com a Vanity Fair, durante esse período ela era obrigada a contar detalhes íntimos de sua vida pessoal, incluindo sobre suas relações sexuais. Em dois meses, a relação não vingou e Tom Cruise teria dito aos líderes da religião que ele recebia mais amor e carinho de figurantes do que da namorada.

Com o término do relacionamento, Nazanin Boniadi não teria conseguido resistir às pressões da Cientologia e, segundo a Vanity Fair, contou tudo para um amigo, que alertou os membros da religião. Uma fonte disse à publicação que Nazarin tinha assinado um acordo de confidenciabilidade e, por tê-lo quebrado, foi punida. Entre os castigos aplicados pela Cientologia à atriz estavam esfregar banheiros com escova de dente, limpar telhas com ácido, cavar valas no meio da noite e vender livros na rua.

Esta não é a primeira vez que surgem rumores de que a religião seguida por Tom Cruise interfira em seus relacionamentos. Em julho, dias após o ator e Katie Holmes anunciarem o fim do casamento de cinco anos, oDaily Mail apontou que a atriz Yolanda Pecoraro pode ser a próxima mulher do astro. "Se decidirem que ela será sua próxima mulher, eles certamente terão um filho em breve", garantiu uma fonte na época dos rumores. "Não há dúvidas de que Yolanda faria o que é melhor para a igreja".