Acusados de planejar assassinato de Joss Stone têm julgamento adiado

Junior Bradshaw e Kevin Liverpool, os dois homens acusados de planejar o roubo e assassinato da cantora Joss Stone, 25 anos, tiveram seu julgamento - que aconteceria nesta segunda-feira (6) - adiado para março de 2013, segundo informações do site NME.

Ambos foram presos em junho deste ano, quando a polícia os flagrou tentando invadir a casa da artista com uma corda, facas e um saco próprio para embalar cadáveres. O julgamento foi adiado para que a defesa possa estudar mais as condições mentais dos acusados.

"Eles estão presos em celas e sendo interrogados sobre a tentativa de causar graves danos à Joss Stone. A polícia quer saber que há por trás disso, se a conspiração é por dinheiro ou uma espécie de ressentimento pelo sucesso dela. Essa dupla tinha um plano de A a Z e parece que causariam muito sofrimento se não consguissem o que queriam", declarou uma fonte ao mesmo site, na época das prisões.