Dublê de Homem-Aranha processa produtores por lesão corporal 

A produção do musical da Broadway inspirado no Homem-Aranha, Spider-Man: Turn Off the Dark, está enfrentando mais um processo, desta vez do dublê do super herói. Segundo o site Contact Music, Richard Kobak alega ter sofrido diversas lesões, incluindo concussões, hérnia de disco e problemas nos joelhos.

Kobak está no espetáculo desde 2010, quando entrou para substituir o dublê anterior, afastado também por lesões. No processo, ele alega que o equipamento utilizado nas acrobacias aéreas não é devidamente ajustado e que, em abril do ano passado, o programa de controle dos movimentos o arremessou contra a parede.

Rick Miramontez, porta-voz da produção, disse em comunicado que "os produtores não têm nenhum comentário sobre o assunto, exceto que o Sr. Kobak atualmente também está em turnê com o musical American Idiot".

Spider-Man: Turn Off the Dark apresenta músicas de Bono e The Edge, do U2. O musical tem sido atormentado por diversos problemas, como acidentes, atrasos e custos crescentes. Os produtores também foram processados pela ex-diretora do espetáculo, Julie Taymor, que afirmou ter sido demitida antes de pagarem seus direitos.