Cocaína teria sido encontrada no quarto de Whitney Houston 

A polícia encontrou restos de cocaína no quarto de hotel em que Whitney Houston morreu em 11 de fevereiro, de acordo com o site TMZ. As autoridades teriam levado o pó branco encontrado no cômodo para testes, e foi provado que se tratava da droga.

Detetives de Beverly Hills não acreditam que a cocaína tenha sido limpada do quarto antes da chegada das autoridades.

O médico legista que estudou a causa do óbito da cantora confirmou que o motivo foi mesmo afogamento - e não abuso de medicamentos, como muitos suspeitavam.

As drogas ilícitas, no entanto, parecem ter tido papel decisivo para a ocorrência da tragédia. Segundo o médico legista, que anunciou a notícia por meio de seu porta-voz, Craig Harvey, rastros de cocaína foram encontrados no organismo da cantora. A substância teria contribuído para o afogamento de Houston em uma banheira de hotel, aos 48 anos de idade.

Segundo a análise, os indícios comprovam que ela era uma usuária crônica da droga, matéria-prima para a produção do crack - com o qual a cantora teve seus mais conhecidos problemas de vício.