Cantora Rihanna defende parceria com ex-namorado que a agrediu 

Três anos depois das agressões que deixaram seu rosto temporariamente desfigurado, a cantora Rihanna voltou a se envolver com o ex-namorado Chris Brown, gerando polêmica no mundo da música. Em entrevista a um programa de rádio de Los Angeles, ela defendeu a parceria, que inclui a voz do rapper em sua canção Birthday Cake e a participação dela na faixa Turn Up the Music, de Brown.

"Eu cheguei ao nome dele porque é a única pessoa que realmente faria sentido para a gravação", explicou Rihanna, de 24 anos, desmentindo ter reatado o romance. "Pensei em vários rappers por tanto tempo e a conclusão foi que o mais quente artista de R&B da atualidade é, sem dúvida nenhuma, Chris Brown. Eu queria ele na faixa".

Apesar de garantir que a parceria é apenas profissional, são cada vez mais fortes os rumores de uma possível volta do relacionamento amoroso, encerrado como um escândalo, com fotos da cantora nas páginas de jornais do mundo todo e com a prisão de Brown, cuja carreira quase foi arruinada com o episódio de violência contra a então namorada.

Durante a semana, Rihanna ainda esquentou os rumores ao publicar a letra de uma canção de Beres Hammond em sua página no Twitter. "Quando me veem com você, penso o que a multidão poderia dizer? Quando nos descobrirem juntos, o que todas as pessoas irão dizer?"