Morre o cineasta e autor francês Pierre Schoendoerffer

O cineasta e romancista francês Pierre Schoendoerffer morreu nesta quarta-feira (14), aos 83 anos, segundo informou a família.

"Pierre Schoendoerffer, do Instituto da França, escritor, diretor de cinema, documentarista, vice-presidente da Academia de Belas Artes, departamento cinema e audiovisual, morreu esta manhã no hospital militar Percy", afirma a família em um breve comunicado.

Pierre Schoendoerffer foi membro fundador do Cesar, o principal prêmio do cinema francês.

Depois de passar quatro meses detido em Dien Bien Phu (Vietnã) em maio de 1954, deixou o Exército e iniciou a carreira de repórter fotográfico, escritor e cineasta.

Após o primeiro filme, La Passe du Diable (1958), alternou obras de ficção e documentários. Escreveu o primeiro livro em 1963, La 317e Section, que levou ao cinema em 1965 e que continua sendo um dos melhores testemunhos da guerra na Indochina.

La Section Anderson, filmado dois anos depois, recebeu o Oscar de Melhor Documentário.

Entre suas principais obras, Pierre Schoendoerffer escreveu e adaptou para o cinema Le Crabe tambour (1977).