Cantor Wando é sepultado sob chuva de pétalas e coro de fãs 

O cantor Wando, morto na manhã de quarta-feira (8) em decorrência de uma parada cardíca, foi sepultado às 11h35 desta quinta-feira (9) no cemitério Bosque da Esperança, em Belo Horizonte, Minas Gerais.

Durante a cerimônia de sepultamento, a mulher do cantor, Renata Costa Lana e Souza, pediu para que as pessoas lembrassem de Wando não somente neste momento de partida, mas por todo o trabalho que desenvolveu em sua carreira, que o transformou num dos ícones do estilo brega-romântico. A filha do casal, Maria Sabrina, de 5 anos, ficou em casa com sua avó materna.

Bastante emocionada, Katiuscia Czakaj, filha de Wando que mora na Alemanha, começou a cantar Moça, um dos hits de sucesso do pai, e logo foi acompanhada pelas vozes dos fãs que acompanhavam o sepultamento.

"Eu ficava muito feliz com todas as demonstrações de carinho durante a internação. Agora eu tenho a certeza de que ele está na misericórdia de Deus", disse Gabrielle Burcci, filha de Wando que expulsou Analdo Timóteo do velório.

Além de faixas em homenagem ao cantor, fãs jogaram pétalas de rosas enquanto o caixão era posicionado no túmulo. De acordo com a administração do cemitério, cerca de 6 mil pessoas passaram pelo local desde o início do velório, na quarta-feira, até o momento do enterro.