Câncer de guitarrista não deve atrapalhar planos do Black Sabbath

O guitarrista do Black Sabbath, Tony Iommi, foi diagnosticado com câncer, mas não tem planos em atrasar o novo álbum de estúdio da banda.

Na última segunda-feira (9), os membros do grupo informaram que mudariam o processo de gravação do disco para o Reino Unido, assim Iommi pode fazer o tratamento paralelamente ao projeto.

Em seu site oficial, o guitarrista agradeceu as mensagens de suporte. "Muito obrigado. Não é o que eu queria para o Natal, mas agora mal posso esperar para que os resultados saiam e eu possa me tratar", escreveu.

Segundo ele, é ótimo saber que a banda vai viajar para o Reino Unido para que eles possam continuar com as gravações. "As coisas estavam ótimas no estúdio. Fora isso, não há muito mais o que dizer. Obrigado novamente", disse.

No entanto, o Black Sabbah ainda não informou se a doença de Iommi afeterá os planos para a turnê mundial. Tommy Iommi, que tem 63 anos, foi diagnosticado com um linfoma em fase inicial.