Maquiador: a tendência é beleza natural, mas ela não é fácil 

"Pergunta difícil essa: de onde vem a inspiração para o make e o cabelo de um desfile". Com essas palavras, o maquiador Lavoisier definiu o que considera ser uma tendência do campo da beleza, tanto de passarela quanto do dia a dia: a naturalidade. Segundo ele, a área está em uma fase "clean". "Eu não penso na coleção do estilista quando planejo o make, acho que fica bonito e faço". O que não significa que isso seja tarefa prática: "não é fácil fazer uma beleza simples, um rabo de cavalo baixo sem fios para fora".

De acordo com Lavoisier, isso tem se expressado nas passarelas do Fashion Business, no Rio de Janeiro. As modelos passam horas na sala de maquiagem para saírem de lá com a pele parecendo impecável, uma sombra em tons de marrom, blush leve e boca natural. A maioria dos cabelos estão super lisos e presos de forma comportada, em coques ou rabos de cavalo baixos.

Para ele, "há uma nova geração de conceitos de maquiagem", o que não impede que a passarela siga sendo uma lançadora de tendências de make e cabelo. "Estamos saindo do 'fashion show' para algo que as pessoas vão usar", disse, relevando que sempre há exceções. "Vou fazer desfiles que a coleção exige uma maquiagem mais dramática e já vi nesta temporada 'cabelão' armado, algo que não pensei que veria", concluiu.

Semana de moda carioca

Dois eventos de moda agitam o Rio de Janeiro. O Fashion Rio, um dos maiores eventos de moda do País, está em sua 20ª edição e acontece entre 10 e 14 de janeiro, no Píer Mauá, no Rio de Janeiro. Já a 19ª edição da bolsa de negócios de moda Fashion Business, a maior da América Latina, vai até 13 de janeiro, no Jockey Club Brasileiro, também na capital carioca. No total, são 49 desfiles que tomam as passarelas do Rio de Janeiro em seis dias, incluindo as apresentações dos novos talentos, que acontecem no Rio Moda Hype, nos dias 10 e 11 de janeiro.