Com quarto disco, Kasabian se compara aos Beatles e quer Estados Unidos

Com o lançamento de Velociraptor, em setembro deste ano, o Kasabian mostrou que é a maior banda britânica de 2011 - posto alcançado principalmente pelo fim do Oasis. Segundo o jornal The Guardian, o quarto disco do quinteto de Leicestershire é o trabalho mais consistente da banda, recebendo quatro estrelas. Com mais de 350 mil cópias vendidas na ilha, o álbum alcançou o topo das paradas do Reino Unido.

Porém, como grande parte das bandas de destaque no verão europeu, o Kasabian ainda não caiu na graça dos norte-americanos. Velociraptor não chegou nem na lista dos 200 mais vendidos da Billboard. Mas depois de se apresentar na O2 Arena, em Londres, no Ano-Novo, o grupo embarca na turnê mundial, chegando aos Estados Unidos em março. Na terra do Tio Sam, a mais promissora da indústria da música, serão 12 shows; outros cinco no Canadá.

Formado por Tom Meighan, Sergio Pizzorno, Chris Edwards, Ian Matthews e Jay Mehler em 1997, o nome Kasabian foi tirado de uma das integrantes da turma do psicopata Charles Manson, Linda Kasabian. Com forte influência do eletrônico no rock, o grupo já caiu na estrada com U2 e Oasis. Liam Gallagher já disse em várias ocasiões ser uma grande fã da banda.

Lançando o primeiro álbum em setembro de 2004, o homônimo Kasabian, a banda chamou atenção da mídia musical europeia com Club Foot. O disco colocou o grupo na rota dos grandes festivais europeus, criando um ar cult entorno do quinteto. Depois vieram Empire em 2006 e West Ryder Pauper Lunatic Asylum em 2009.

Com a boa recepção de Velociraptor pela crítica, o sucesso parece ter subido à cabeça do quinteto. O guitarrista Serge Pizzoni declarou que o Kasabian é a última banda de rock. "Somos o que restou. Não há muitos outros grupos. Então, de diversas formas, cabe a nós conquistar o estrelato no meio", disse ao site Female First.

Em outra ocasião o músico afirmou que estão à frente de seu tempo e se compararam aos Beatles. "Nós não somos uma banda comum, somos ainda vanguardistas e vendemos quase um milhão de cópias de cada álbum. Velociraptor é como uma coleção dos melhores pedaços dos três primeiros discos. Os Beatles evoluíram em cada disco e eu acho que nós também".

A turnê nos Estados Unidos, agora, servirá de teste para ver se o Kasabian é tão grande quanto Paul, Lennon, Ringo e George.