Após grave acidente e duas cirurgias, Miss Brasil 2010 está consciente

A Miss Brasil de 2010, Débora Moura Lyra, 22 anos, estava consciente e tinha quadro de saúde considerado estável na tarde desta quarta-feira, informou a Secretaria de Saúde do Espírito Santo. A modelo ficou gravemente ferida após um acidente de carro na terça-feira, em Guarapari, e precisou passar por cirurgias.

Em nota, o Hospital Estadual São Lucas informou que, nesta tarde, Débora foi submetida a uma cirurgia bem sucedida de artrodese de coluna cervical, uma intervenção para fixação da coluna. 

Na noite de ontem, ela realizou uma laparotomia (incisão na parede abdominal), uma esplenectomia (retirada do baço) e uma drenagem torácica.

Em entrevista ao jornal A Gazeta, o pai da Miss, Luiz Fernando Lyra, disse que sua filha  chegou a pedir-lhe a bênção no hospital.

 "Ela tomou benção, como é costume dela. Débora está bem e consciente", disse o pai. "Eu peço que as pessoas fiquem em oração, porque isso nos ajuda a aumentar mais a fé que temos em Deus. As energias positivas trazem conforto a dor que sentimos".

A modelo ia para Búzios, no litoral do Rio de Janeiro. No acidente, no fim da tarde desta terça-feira, a sogra de Débora, Maria Auxiliadora Miguel de Souza, de 56 anos, morreu. 

Segundo a Polícia Rodoviária Federal (PRF), o acidente aconteceu no km 341 da BR-101. Chovia forte no trecho. Conforme a polícia, o Gol em que Débora viajava perdeu o controle em uma curva, invadiu a pista contrária e colidiu de frente com um Toyota Bandeirante.

Também estavam no Gol Hermon Souza Lopes, 22 anos e Caroline Carone, 21 anos, que tiveram lesões graves. 

Duas pessoas que viajavam no Bandeirante também ficaram feridas com gravidade.