Professor diz ter sido demitido após dar nota baixa a James Franco 

Um professor da Universidade de Nova York (NYU) afirma ter sido demitido após dar uma nota D, considerada baixa no sistema de ensino norte-americano, para o ator James Franco, que atualmente concilia os trabalhos no cinema com as aulas. As informações são do site TMZ.

José Angel Santana, que dava aulas de direção de atores, diz ter sofrido a demissão apenas por ser um homem "hispânico" que ousou dar uma nota baixa. Em um processo, Santana afirma ter dado um D por conta das faltas de Franco - foram 12 aulas perdidas, em um total de 14.

O professor diz ter sofrido humilhação pública, e acredita que o mesmo não teria ocorrido com um profissional "branco".

Santana diz ainda que muitos professores tentaram cair nas graças de Franco, como Jay Anania, recentemente contratado para escrever e dirigir um filme com o ator. "A Universidade fez tudo possível para ficar ao lado de Franco", afirmou ele.