Circuito teatral em São Paulo traz peças com nove sotaques do português

As diferentes formas de se falar a língua portuguesa em todo o mundo estarão em destaque neste mês nos palcos paulistanos. Treze companhias teatrais, de oito países que falam português e também da região espanhola da Galícia, vão se apresentar gratuitamente nos teatros de São Paulo até o próximo dia 20, no 6º Circuito de Teatro em Português.

“O Circuito de Teatro surgiu das colaborações de intercâmbio entre o Brasil e Portugal, com a ideia de juntar os oito países de língua portuguesa. Este ano, tivemos a felicidade de conseguir reunir [grupos teatrais] desses oito países e mais um grupo especial, da Galícia [comunidade autônoma da Espanha], onde está a raiz de nossa língua, o galego”, explicou Creusa Borges, organizadora do evento e diretora artística do grupo Dragão 7, que desenvolve projetos de intercâmbio com países de língua portuguesa.

Durante o circuito, serão apresentados 39 espetáculos de cinco companhias teatrais da África (Moçambique, Guiné-Bissau, São Tomé e Príncipe, Angola e Cabo Verde), de uma companhia do Sul da Ásia (Timor Leste), de cinco de Portugal, de uma do Brasil (do estado do Piauí) e de uma companhia da Galícia.

“Começamos levando espetáculos daqui para Portugal e para a África. Agora, já estamos fazendo co-produções. Estamos integrando artistas brasileiros nas peças. Isso facilita o intercâmbio, a vinda desses grupos ao Brasil e a integração artística, promovendo o desenvolvimento e formação dos artistas e troca de informações”, disse Creusa.

Segundo ela, um dos pontos importantes do circuito é a observação das semelhanças e diferenças culturais entre os países, que se traduzem no palco. “Embora todos falem português, o sentido da língua muda com a cultura local. Essa é a riqueza [do circuito]. Teremos nove sotaques do português durante 13 dias de apresentações em São Paulo”, ressaltou a diretora artística.

As peças são ecléticas, sem um tema em comum, variando de comédias a tragicomédias. “O acesso aos espetáculos é total e irrestrito, sem burocracia. Só precisa chegar na bilheteria uma hora antes [da peça começar]”, explicou Creusa.

Além das peças, haverá também oficinas. Em uma delas, que será ministrada pelo diretor Rui Madeira, serão escolhidos dois atores para fazer parte de um espetáculo que a Companhia Teatral de Braga (Portugal) vai montar em 2012, quando se comemora o ano de Portugal no Brasil e do Brasil em Portugal.

Os espetáculos são apresentados nos teatros Cacilda Becker, João Caetano e Zanoni Ferrite e, depois, vão seguir para algumas cidades do interior e da região metropolitana de São Paulo. A intenção é que a partir de 2013 o circuito seja também levado para os outros países de língua portuguesa. Mais informações sobre as oficinas e a programação do circuito podem ser encontradas no site www.circuitodeteatroportugues.com.br.