Blink-182 trabalha medo de avião do baterista Travis Barkers

Em entrevista ao site Newsbeat, nesta quinta, 20, o baixista/vocalista do Blink 182, Mark Hoppus, afirmou que a volta da banda às turnês só foi possível graças ao trabalho que o grupo tem feito para ajudar o baterista da banda a superar seu medo de avião.

Vítima de um acidente aéreo que deixou quatro vítimas fatais em 2008 na Carolina do Sul (EUA), após o acidente Travis Baker chegou a utilizar ônibus e navio para ir de Los Angeles a Londres, onde a banda realizou shows e passou um tempo compondo as músicas do sexto disco da banda, o Neighborhoods.

A tarefa de trabalhar o medo de Travis e seguir com a banda na ativa não foi fácil e exigiu muita dedicação. "Esperar o Travis durante dias por conta de seus meios de transporte alternativos atrapalha muito, mas a nossa compreensão disso serve para mostrar o quão dedicados nós estamos", disse Mark.

O baixista contou ainda que em meio a essa dificuldade, muitos aconselharam a banda a seguir em frente com as músicas antigas e deixar o disco novo para um momento mais propício. Porém, de acordo com os integrantes da banda, compor e gravar novas canções era algo muito importante para o momento do trio. "Foi uma decisão muito difícil para nós pois deixamos de fazer alguns shows e isso nos custou muito dinheiro e boa vontade", disse o baixista.