Vice-presidente da Record justifica corte de horas extras

Segundo informações da coluna Zapping, do jornal Agora São Paulo, Honorilton Gonçalves, vice-presidente artístico da Record, aproveitou evento sobre o Pan 2011, na última terça-feira (27), para dizer que o corte de horas extras no canal foi feito pensando na saúde dos funcionários e que a Record estava recebendo multas do Ministério do Trabalho.  

Gonçalves também negou alguma crise e disse que, se a Igreja Universal quiser, poderá ter seu espaço na programação da Record ampliado, desde que pague por isso. 

Ele ainda fez suspense sobre um novo evento esportivo que a Record está negociando, mas a coluna apurou que se trata do UFC, exibido atualmente pela RedeTV!.