Rihanna interrompe gravação de clipe por causa de fazendeiro puritano

Britânico considerou "inapropriada" a pouca roupa usada pela artista

LONDRES - A cantora Rihanna, que se apresentou na sexta-feira no Rock in Rio, foi expulsa da propriedade de um fazendeiro britânico que considerou "inapropriada" a pouca roupa usada pela artista, informa a imprensa inglesa.

A situação aconteceu na segunda-feira, quando Rihanna gravava um videoclipe para o novo single "We Found Love" em um campo de trigo próximo da cidade norte-irlandesa de Bangor, ao leste de Belfast, onde a estrela nascida em Barbados fará três shows no próximo fim de semana.

O fazendeiro Alan Graham, de 61 anos, que retornava para casa, parou o trator quando a cantora acabara de tirar o vestido que usava sobre um biquini vermelho. Ele pediu que a artista se cobrisse por considerar sua conduta "inapropriada".

"Pedi que parassem e eles atenderam", afirmou Graham à BBC.

"Tive uma conversa com Rihanna e espero que tenha entendido minha posição. Apertamos as mãos e nos despedimos em bons termos", completou o fazendeiro, que também é verador pelo Partido Unionista Democrático (DUP).

Apesar de ter autorizado de maneira informal a filmagem do videoclipe em um dos campos de sua propriedade, Graham confessou que nunca havia ouvido falar até então da cantora de 23 anos.

"Se emprestei meu campo a alguém e as coisas se tornam inapropriadas, então digo: "Basta! Não tem o direito de fazer isto!".