Programa da Unesco homenageia poeta chileno Pablo Neruda

A Organização das Nações Unidas para Educação, Ciência e Cultura, Unesco, lançou, nesta terça-feira, um programa para homenagear três poetas pela promoção do valor humanístico de seus trabalhos.

Os escolhidos foram o poeta chileno Pablo Neruda, o bengalês Rabindrânâth Tagore e o escritor caribenho da ilha de Guadeloupe, Aimé Césaire.

Compromisso

Segundo a Unesco, o programa destaca o compromisso dos três poetas em falar “pelos que não tinham voz”. Tagore, por exemplo, escreveu na época em que a Índia estava sob controle da Grã-Bretanha.

A diretora-geral da Unesco, Irina Bokova, lembrou que Neruda, Tagore e Césaire “desafiaram as relações baseadas em dominação e submissão pelo fascismo, colonialismo ou racismo dando as suas mensagens, uma dimensão universal.”

A iniciativa honrando os três poetas pretende promover traduções, publicações e criações ligadas aos escritores. A ideia do programa foi lançada junto com o Ano Internacional para Reaproximação das Culturas em 2010.

As delegações da Índia e do Bangladesh na Unesco organizaram uma cerimônia para marcar os 150 anos do nascimento de Tagore. O evento conta com danças, músicas a leituras de poemas.