Rádio Nacional e Rádio MEC comemoram 75 anos nesta segunda-feira

A Rádio Nacional e a Rádio MEC comemoraram, nesta segunda-feira (12), seus aniversários de 75 anos, com um show e transmissão ao vivo no Campo de Santana, Centro do Rio de Janeiro. O evento, aberto pela Banda de Música do Batalhão do Imperador, contou com a presença dos locutores e de artistas.

A cantora Dorina também participou do evento, cantando o samba de Zé Keti, A voz do morro.  A cantora animou o público e afirmou estar honrada de participar do aniversário das rádios. "É um prazer estar aqui, comemorando os 75 anos da rádio", disse, enquanto chamava o público para mais perto do palco.

Também participaram do evento o Conjunto Época de Ouro, o funkeiro Mc Leonardo, Jaime Alem, Jujuba, Ana Nogueira, Sergival e a Banda Filarmônica do Rio de Janeiro. 

História

As duas emissoras viveram o auge do rádio transmitido ao vivo, com programas de auditório abertos ao público, transmissões diretas de seus estúdios e dos espaços culturais do Rio de Janeiro, grupos musicais e orquestras próprias, elencos de radioteatro e professores de várias disciplinas nos programas educativos.

A Rádio MEC, fundada por Edgar Roquette-Pinto, ligada ao Ministério da Educação e Saúde, lançou atores como Paulo Autran e Fernanda Montenegro, e ainda amplificou a voz de escritores como Fernando Sabino, Cecilia Meireles, Peulo Mendes Campos e outros. Na emissora também surgiu a Orquestra Sinfônica Nacional.

Já a Rádio Nacional foi por uma linha mais popular. Com o Repórter Esso e os programas humorísticos e de auditório, a programação da rádio ocupa, até hoje, o imaginário popular carioca. Fundada em 36, foi, durante as décadas de 40 e 50 o maior veículo de comunicação em massa do Brasil.