Fãs de Prince que compraram ingressos para show começam a ser ressarcidos

Os fãs do músico norte-americano Prince começarão a ser ressarcidos nesta quinta-feira (24) pelo prejuízo devido ao cancelamento do show do artista no festial Back2Black, que será realizado neste fim de semana, no Rio de Janeiro. A produção anunciou que o palco externo, onde ele se apresentaria, permanecerá fechado na noite do evento, e Jorge Ben Jor foi confirmado para o cast de bandas, tocando no sábado (27), antes de Chaka Khan.

Os consumidores que adquiriram ingressos exclusivamente para a apresentação do músico devem contatar o mesmo canal pelo qual os compraram - seja pontos de venda, bilheterias, call center ou internet. A devolução dos valores será feita pela mesma forma de pagamento com a qual as entradas foram adquiridas, seja dinheiro, cartão de crédito ou cartão de débito. O ressarcimento depende da devolução do ingresso, sem rasuras, à Ingresso Rápido, empresa responsável por suas vendas.

Os clientes cujas entradas foram adquiridas em versões Passaporte, referente aos três dias de evento, ou Combo, para o dia 27/08, receberão valor proporcional ao pago pelo ingresso. O Passaporte também ganha novo preço: R$ 250.

Aqueles que compraram ingressos nos pontos de venda poderão ser ressarcidos apenas nestes ou na bilheteria oficial que será montada no local do evento a partir desta quinta-feira (25) - e cujo funcionamento será somente até domingo (28), entre as 12h e 19h. A devolução será por meio de dinheiro vivo, para quem adquiriu ingressos dessa forma, ou por depósito bancário, se a compra tiver sido feita com cartões.

Os pontos de venda deverão recolher os ingressos e emitir um recibo ao cliente, o formulário de estorno, que comprovará a operação. Aqueles que pagaram com cartões deverão preencher um formulário de origem da compra para que os valores sejam devolvidos através da operadora do cartão via Ingresso Rápido.

Para maiores informações, o número é 4003-1212. Tanto o valor do ingresso quanto o da taxa de conveniência serão devolvidos, no entanto, não serão estornados valores referentes ao serviço de entrega em residências.