Polícia diz que ainda é cedo para saber causa da morte de Amy

A Polícia Metropolitana de Londres divulgou no início da noite deste sábado (23) o primeiro comunicado oficial a respeito da morte de Amy Winehouse. E, de acordo com ele, ainda é muito cedo para especificar o que realmente a causou. As informações são do site TMZ.

O superintendente Raj Kohli explicou no texto divulgado que ainda é muito cedo para confirmar que a cantora morreu de overdose, ao contrário do que já vem sendo dito pela imprensa britânica. "Gostaria de enfatizar que nenhum exame foi realizado no corpo e seria inapropriado especular sobre as causas da morte", justificou.