Sting cancela show no Cazaquistão por causa da repressão contra grevistas

O cantor britânico Sting cancelou um show previsto para esta segunda-feira em Astana, capital do Cazaquistão, para protestar contra a repressão sofrida pelos trabalhadores em greve dos setores do petróleo e do gás nesta ex-república soviética.       

"Greves de fome, trabalhadores presos e milhares de pressoas em greve represantam um piquete virtual que não tenho a intenção de furar", afirma Sting em um comunicado publicado em seu site.

Sting foi informado sobre as repressões pela organização de defesa dos direitos humanos Anistia Internacional.

Centenas de funcionários iniciaram uma greve em maio para exigir melhores salários.

A polícia prendeu muitos grevistas e dezenas perderam seus empregos.

Os organizadores cazaques do show de Sting alegaram que a apresentação foi cancelada por motivos técnicos.