Sertanejo preso por dirigir embriagado: bebi por sofrer de amor

O cantor sertanejo Rangel, que faz dupla com Ronny, publicou nesta sexta-feira uma mensagem na página da banda no Twitter em que pede desculpas aos fãs após ter sido preso por dirigir embriagado na quinta-feira, em São Paulo. O músico afirmou que bebeu por estar "sofrendo por amor" e que errou ao dirigir após consumir bebidas alcoólicas.

"Estou sofrendo por amor, bebi por sofrer de amor, errei ao pegar o carro e sair sem estar consciente do que fazia, peço desculpa aos fãs e amigos! Rangel", escreveu.

De acordo com informações do EPTV, Rangel passou a madrugada de quinta-feira em uma festa em São Paulo e, pela manhã, seguia para Piracicaba (SP). Na rodovia dos Bandeirantes, ele bateu o carro na traseira de outro e tentou fugir, mas foi interceptado pela polícia rodoviária.

No carro, conforme a polícia, havia uma garrafa de vodca vazia, remédios e um CD da dupla. Rangel chegou ao 1º Distrito Policial de Campinas deitado no carro da polícia e teve que ser carregado para prestar depoimento. À polícia, admitiu ter ingerido álcool, mas se negou a fazer o teste do bafômetro. Ele teve que fazer um exame no Instituto Médico Legal (IML).