Aaron Carter nega que Michael Jackson tenha lhe dado cocaína

Um representante do cantor Aaron Carter negou que ele tenha dito em uma entrevista que Michael Jackson lhe ofereceu cocaína e álcool aos 15 anos. E informou que o repórter "fabricou completamente" essa história.

A controvérsia é uma matéria assinada pela jornalista internacional Daphne Barak em artigo assinado na revista OK! Magazine da Austrália. 

Na matéria, Carter foi pego, dizendo: "sim, (Michael Jackson) me deu vinho. Quero dizer, eu poderia ter recusado, mas eu tinha 15 anos. E drogas? Ele me deu cocaína".

O representante de Aaron disse ao TMZ que "nada do que foi publicado foi dito pelo cantor" e enviou um vídeo no YouTube, que dá crédito à história do cantor. A reportagem tentou entrar em contato com a jornalista que assina a matéria, mas não houve resposta.