Membros do Iron Maiden são ciumentos, diz criador do mascote da banda

Famoso por ter criado o mascote do Iron Maiden, Eddie, o que o acabou levando a ser o principal responsável pela maioria das capas de discos da banda, Derrick Riggs afirmou ao site sueco Afton Blated que os integrantes do hoje sexteto têm ciúmes de seu trabalho.

"Minha arte ganhou mais atenção do que suas músicas e eles não conseguem lidar com isso", disse o artista, afirmando não ter qualquer intenção de voltar a trabalhar com o grupo que ajudou a popularizar graças a seus desenhos. "Nossos gostos são muito diferentes. Eu gosto de capas divertidas, enquanto eles preferem ilustrações feias, repletas de criaturas estúpidas".

Riggs ainda rechaçou que em algum momento nas mais de três décadas de carreira dos britânicos tenha realmente chegado a ser tratado como um membro da banda, como Steve Harris e Bruce Dickinson já chegaram a afirmar em algumas entrevistas no passado. "Eles adoram dizer que são uma grande família, mas isso tudo é uma grande bobagem. Você ficaria surpreso com o número de pessoas que foram exploradas ao longo dos anos e acabaram despejadas na sarjeta".

O desenhista usou a palavra porcaria para justificar o porquê de a banda insistir em usar monstros para vender seus discos, e ainda bradou adjetivos fortes para explicar o motivo de preferir ficar bem distante dela profissionalmente. "Eu não os conheço direito, só me encontrei com eles algumas vezes. Mas há pessoas em seu grupo de gestão cujas decisões me parecem confusas e até nojentas. Não os odeio, mas prefiro evitá-los", concluiu.