Eliminados do 'Ídolos' vão à Justiça, mas não conseguem evitar cenas "constrangedoras"

Tribunal de Justiça do Rio negou recurso a três ex-participantes do reality show

Três ex-participantes do programa 'Ídolos', da Rede Record, entraram com ação na Justiça para impedir a exibição de cenas "constrangedoras". Mas o recurso de Alexandre Mirabelle Zago, Luisa de Sá e Benevides Rebuzzi e Gabriela Aguiar foi negado pelo esembargador Alexandre Freitas Câmara, da 2ª Câmara Cível do Tribunal de Justiça do Rio.

Os três entraram com a ação logo após terem sido eliminados do reality show e pedirem a rescisão do contrato com a emissora. Eles apontaram uma cláusula do documento em que haveria uma suposta violação "aos princípios gerais do Direito brasileiro, como a boa-fé e a dignidade humana": 

"(...) o participante entende que poderá revelar e que outras partes poderão revelar informações sobre ele de natureza pessoal, particular, vergonhosa e não favorável. Entende que a contribuição ao programa poderá ser explorada de forma pejorativa, vergonhosa e/ou de forma desfavorável (...)". diria a cláusula.

Depois das fases de audições, diversos vídeos são postados em sites da internet mostrando a performance dos eliminados. Este seria o receio dos três, o d ter sua imagens exibidas nas situações interpretadas por eles como "constangedoras".

Ao se inscreverem no programa, os participantes sabiam das regras, segundo afirmou o magistrado. Eles leram o contrato antes de assinarem e tinham consciência da exposição a que se submeteriam, afirmoou o juiz. Segundo ele, os candidatos devem arcar com as conseqüências:

"Quem se inscreve em um reality show sabe, exatamente, o que lhe espera", concluiu. 

Segundo a assessoria da Rede Record todo inscrito no reality assina um contrato em que se compromete em ter sua imagem mostrada. A emissora confirmou que os três ex-participantes se inscreveram para a edição de 2011, mas não passaram nos testes e, por isso, foram eliminados.

O programa

'Ídolos' é um reality show exibido pela Rede Record, que busca descobriu um novo talento musical. É a versão brasileira do britânico 'Idols' e do americano 'American Idol'. O programa possui edições na Inglaterra, Autrália, Bélgica, Canadá, Nova Zelândia e Cingapura, entre outros, e escolhe, todo ano, um grupo de jovens que deseja seguir a carreira musical.

No Brasil, está no ar desde 2006. Teve duas edições apresentadas pelo SBT (2006 e 2007), e é transmitido na Rede Record desde 2008. O ator Rodrigo Faro apresenta o programa.

O reality se divide na fase de Audições, em que os candidatos são ou não selecionados às etapas posteriores, de Teatro e Concerto. Apenas dois disputam a final, e o campeão é eleito pelo voto popular.