SBT sofre processo por causa da apresentadora Maísa

Programa é acusado de fazer propagandas disfarçadas de jogos

SÃO PAULO - De acordo com a colunista Mônica Bergamo, do jornal Folha de S.Paulo, o Departamento de Proteção e Defesa do Consumidor instaurou um processo administrativo contra o SBT, acusando a emissora de fazer merchandising disfarçado de jogos durante o 'Sábado Animado', da apresentadora-mirim Maísa, de 9 anos.

Juliana Pereira, diretora do departamento do Ministério da Justiça, diz que quando a menina grita "Barbie, Barbie" não está gritando "boneca", e sim o nome de uma marca ou patrocinador.

O SBT, segundo a coluna, diz que não possui contrato de merchandising para dar prêmios nos programas infantis.